Angelina Jolie e Brad Pitt vão processar jornal por alegações de separação


Tabloide britânico 'News of the World' publicou matéria falando sobre possível separação.

Os atores americanos Angelina Jolie e Brad Pitt anunciaram que estão processando o tablóide britânico News of the World pela publicação de uma matéria sobre a suposta separação do casal.

A reportagem foi publicada no dia 24 de janeiro e afirmava que o casal teria consultado um advogado para tratar da separação e que eles já teriam decidido sobre a custódia dos filhos e a divisão dos bens.

Segundo o advogado do casal, Keith Schilling, as alegações foram "amplamente reproduzidas" e seriam "falsas e intrusivas".

Pitt e Jolie teriam pedido que o jornal publicasse uma retratação sobre as alegações, mas segundo o advogado, o News of the World não teria cumprido "pedidos razoáveis" de desculpas pela matéria.

Acordo

Um comunicado divulgado pelo escritório de advocacia Schillings Lawyers, que representa o casal, diz ainda que Sorell Trope, citado por muitas publicações como o advogado que estaria aconselhando Pitt e Jolie sobre a separação, "nunca conheceu o casal".

Trope, que não trabalha no Schillings Lawyers, é citado no comunicado negando ter tido qualquer contato "com Angelina Jolie e/ou Brad Pitt".

"Eu nunca conheci seus clientes (da Schillings Lawyers) ou tive envolvimento com nenhum dos dois (Pitt e Jolie). Isso se estende aos outros membros desta firma", afirmou.

Segundo a matéria do tabloide, o casal teria visitado Trope em dezembro e chegado a um acordo sobre a custódia dos filhos e a divisão dos bens, avaliados em 305 milhões de libras (cerca de R$ 704 milhões).

O jornal citou ainda que o acordo foi alcançado no último mês e que a separação era iminente.

Até a publicação desta matéria, o porta-voz do News of the World estava indisponível para comentar o assunto.

Comentários