Polêmica entre Angelina Jolie e China aumenta mais a cada dia

A polêmica sobre as declarações de Angelina Jolie sobre o diretor Taiwanês Ang Lee veem aumentando a cada dia.

O que antes eram apenas algo sem importancia publicada por um site chinês local, vem ganhando uma proporção gigantesca sendo republicada até mesmo por grandes meios de comunicação ao redor do mundo.

Tudo começou quando um repórter do AP “Associated Press” perguntou a interprete de Malévola qual era seu diretor chinês favorito. Eis que a estrela de Hollywood respondeu: "Eu não tenho certeza se você considerar Ang Lee um chinês, já que ele é de Taiwan, mas ele fez muitos filmes na língua chinesa com muitos artistas e atores chineses, e eu acho que o seu trabalho e o dos atores nos seus filmes são os que eu mais gosto e estou familiarizada".

Bastou essas inofensivas palavras para se criar uma polêmica com internautas chineses acusando a atriz de desrespeitar a soberania chinesa ao apoiar a independência de Taiwan.

Um usuário chinês da Weibo disse que as declarações da atriz se tornaram motivo de piada, classificando-a como estúpida em vez de ser vista como uma mulher brilhante. Outra pessoa se referiu a Jolie como sendo uma das apoiadoras da independência de Taiwan.

O comentário de Jolie levou as pessoas a ameaçarem fazer um boicote a seu filme "Malévola" pois acreditam que ela demonstrou desrespeito ao povo da China.

Em contrapartida Jolie se tornou extremamente popular em Taiwan, com pessoas aplaudindo sua coragem de dizer o que disse, e prometendo apoiar seu filme quando for lançado no país em 20 de junho.

A quem acredita que se ela não pedir desculpas e reconhecer publicamente a soberania de Pequim sobre toda a China, ela pode realmente ser boicotada no país e se impedida de entrar lá novamente. Jolie se encontra em um impasse, pois se voltar atrás e pedir desculpas, a quem garanta que ela corre o risco de perder sua nova popularidade entre os taiwaneses que sentem que o governo dos EUA e muitos outros interesses americanos se venderam a muito tempo, ao fazerem negócios com os chineses comunistas.

O governo chinês ainda não fez nenhum comentários sobre o assunto, e parece não ter demonstrado importancia com as declarações da atriz. Até o momento Angelina não se pronunciou sobre isso.

Comentários