Angelina Jolie e Brad Pitt vão ao Festival Internacional de Cinema do Camboja

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Angelina Jolie e Brad Pitt participaram neste sábado, 05 de dezembro, do Festival Internacional de Cinema do Camboja, realizado na cidade de Phnom Penh, capital do país.

Ao subir ao palco, Jolie falou rapidamente sobre o país que ela tanto ama: "Aqui neste país, vivi um dos momentos mais especiais de minha vida, pois foi aqui que eu soube que eu queria me tornar mãe e um tipo de família do Camboja". "Antes eu não tinha tanto orgulho de mim mesma em minha vida, mas aqui eu aprendi muito sobre a vida, então ficou claro que eu tinha que mudar meu ponto de vista", disse Jolie.

Angelina também falou sobre fazer um filme no Camboja: "Isso significa muito para mim, estar aqui e fazer um filme sobre este país, não sobre a guerra, mas a resistência do povo e o poder das famílias, meu trabalho humanitário se uniu a minha arte e me permitiu fazer este filme junto com minha família sobre um assunto que acredito que é muito importante, e eu quero que Maddox aprenda sobre este país. Para mim, este é um momento no qual finalmente minha vida se alinhou e sinto que estou onde deveria estar", afirmou Jolie.

Comentários

Laura Cachorra disse…
Sério mesmo que a Jolie vai insistir com essa bobagem de assinar artisticamente com o sobrenome Pitt?! Desnecessário!

Cadê aquela Angelina deslumbrante, maravilhosa, ousada e sexy? Brad Pitt destruiu essa mulher, Jolie se transformou numa das maiores malas do cinema... ao lado do maridinho e do George Clooney. Que triste.

Como admirava essa mulher, mas um dia cansa né... venho cansado desde 2005 quando ela se uniu com esse cara. Sou fã dela desde 2000, mas is over... larguei a toalha. Um beijo!
Com todo o respeito e educação, mas independente de qualquer coisa que aconteceu na vida dela, fã que é fã, não deixa de ser fã, se deixou é porque nunca foi fãs de verdade, eu também não morro de amores pelo Brad, mas continuo desde 2001 sendo fã dela.

Mas espero que encontre outra pessoa que supra suas expectativas.
Karoll Krumer disse…
Acredito que usar ou não o nome do marido é exclusivamente problema dela. Ninguém está aqui para julgá-la. Se ela se sente confortável utilizando o nome dele, que bom pra ela. Sou fã dela desde 2005, coincidentemente o ano que ela começou a se relacionar com o Brad. Admiro ela antes disso e contínuo admirando muito após. Acredito que eles se completam. Ela melhorou muito ele e ele também mudou muito ela. Acredito que nós fãs acreditamos nesta mulher divina acima de tudo, afinal vemos ela como um todo, como Angelina Jolie e não como mulher de alguém. Até porque ela não se deixaria titular desta forma. Acho totalmente desnecessário vir a um blog falar mal da pessoa a quem o blog é destinado e além de tudo querer dar opinião desnecessária. Tenho certeza que ninguém aqui quer saber se alguém tem algo contra a dizer dela. Queremos pessoas que a admiram acima de tudo, assim como nós. Como a própria já disse: "Opinião alguma mata fome ou cura doença". Não queremos opinião e sim ação. Se não é capaz de ajudar como ela, não a julgue.
Laura Cachorra disse…
Fãs de Angelina, acompanho a carreira da Jolie desde de março de 2000, se isso não é ser fã de verdade, o que é? Fechar os olhos para todas as besteiras que ela faz com a carreira dela? Perdendo grandes personagens para escrever e dirigir esses projetos que não dão em nada? Achar lindo ela ficar anos e anos longe da atuação e destruir a carreira? kkkk

Tá certo então... ser iludido e cego é ser fã de verdade né. Ainda gosto dela, e se fizer um trabalho de qualidade de novo, vou aplaudir de pé... agora não vou continuar engolindo tudo que ela faz goela abaixo sem ter senso crítico. A Angelina Jolie não existe mais, virou uma sombra daquela mulher espetacular, e por culpa desse Brad Pitt.

E não preciso achar outra pessoa para suprir minhas expectativas, porque isso não tem nada a ver com admirar um artista.

Beijos!
Laura Cachorra disse…
Karoll, não estou julgando a Jolie. Apenas dei minha opinião e pelo que sei o blog não é teu, portanto não vem impor regras a mim, querida. Visito o blog porque gosto dela, mesmo não sendo mais cega como você. Posso gostar, sem fechar os olhos. Nem quero impor minha opinião a ninguém. O que penso é pessoal, e não preciso que ninguém concorde.

E dizer que a Jolie melhorou depois que casou com esse mala do Brad Pitt é mostrar total desconhecimento da vida e carreira dela.
Ai é que tá, não fechei os olhos em nada em relação a Jolie, aquilo que tu está considerando besteira, eu considero amadurecimento, Jolie é uma mulher de 40 anos, com 6 filhos, é Enviada Especial da ONU, tem paixão pela direção, e está seguindo essa paixão, eu particularmente gosto dos trabalhos dela como diretora, e não é por ser fã dela e sim, porque ela dirigiu filmes interessantes, eu estou satisfeito com essa nova profissão dela, porque me agradou, mas a carreira dela como atriz está ai, ela pode fazer o filme que quiser, que ainda vai continuar atraindo publico.
Karoll Krumer disse…
Enfim, como disse tão bem Mark Twain: "Nunca discuta com um ignorante ele te rebaixará até o nível dele e te vencerá por experiência".